Balanço Geral - Carga de eletrônicos é recuperada

Balanço Geral - Carga de eletrônicos é recuperada


O Diretor de Técnologia da PANZER, Douglas Carretero, comenta que ter um segundo, terceiro, ou até mais equipamentos rastreadores no auto carga, ajuda muito na hora de iniciarem os trabalhos investigativos para a localização do sinistro. O crime organizado tem um objetivo que é roubar a carga e os empresários não querem perder o seu lucro e muito menos ver seus produtos no mercado negro. Não apenas isso, uma vez que os produtos são dispersos no mercado negro, a concorrência com o próprio produto e a exposição da marca aumentam significativamente. Além disso, existe o risco da seguradora não pagar o prêmio em decorrência de falhas da operação, tais como: descumprimento do Plano de Gerenciamento de Riscos,  ponto que o transportador deve seguir a risca, existe a falha da gestão dos processos, existe a falha na segurança das informações, a falha na gestão das pessoas e por ai vai. Nenhum "homem de negócios" quer perder dinheiro, por isso, é importante se adequar e incluir na gestão dos processos, pessoas qualificadas e boas, lembrando que pessoas com essas características não custam barato. O barato sempre sai caro, veja os riscos já citados acima. Segue link da matéria:  https://www.youtube.com/watch?v=xsdaJ0qrkVk